• Uncategorized

    10 – Hoje em dia é possível protestar ou negativar um condômino devedor. Isso não é eficaz para fazê-lo pagar?

    Protestar ou negativar alguém envolve um certo grau de risco para quem protesta ou negativa. Por exemplo, se um condômino for protestado e negativado e este provar que não devia e que constava como inadimplente por engano ou por falha na baixa de seu débito, isto resultará quase que certamente em uma ação por perdas e danos contra o Condomínio. Se a falha for comprovada, o Condomínio será condenado a pagar uma indenização (que quase sempre é várias vezes maior que o alegado débito). Erros ou falhas em baixas são relativamente comuns, o que significa que este é um risco que deve ser evitado, pois as consequências para o Condomínio serão desproporcionalmente muito grandes. É uma medida que só deve ser tomada em circunstâncias muito particulares e extremas, e quando existe absoluta certeza de que não houve nenhum erro por parte da administração do Condomínio que possa ser usado como justificativa para o não pagamento. Além disso, ao se protestar ou negativar um devedor, imediatamente ele passa a sofrer restrições de crédito, e caso estiver passando por um período de dificuldades financeiras, por exemplo dependendo do uso de seu limite de cheque especial para manter suas finanças sob controle, estas dificuldades aumentarão muito em consequência da negativação, e as chances do Condomínio receber e continuar recebendo daquela pessoa, diminuem drasticamente.